domingo, 28 de maio de 2017

Falso Amor

Por dez anos vivi um falso amor,
Desse "amor" só ganhei desilusão.
Eu pensando que ela era flor,
Só ficou o espinho em minha mão.
Inocente, fiquei a seu dispor,
Fui lhe dando carinho e atenção,
Recebi de você só desamor.
Fui jogado da rua da ilusão.
Por dez anos quis te fazer feliz,
Mas você preferiu ser meretriz,
Transformou minha vida em quase nada.

Como prêmio de todo o seu desdém,
Hoje sofres sem ter quem queira bem
Mendigando amor pela calçada.

Ex-amor


Certa vez encontrei um ex-amor
Que há muito havia me deixado
O motivo sequer foi explicado
Me deixou sem remorso e sem pudor
Nesse dia, tentei lhe contrapor
Perguntei o motivo e a razão
Ela riu, segurou em minha mão
E me disse: "Aceite a verdade
Quem nasceu pra viver em liberdade
Não consegue viver numa prisão".

Você foi a maior decepção / Das histórias de amor que eu vivi

O sabor da saudade é tão amargo
Que já desce queimando a garganta
Já tentei te esquecer, não adianta
Só encontro empecilho e embargo
O meu peito te deu caminho largo
Diferente dos que eu percorri
Na estrada dos sonhos que segui
Vi você caminhar na contramão
Você foi a maior decepção
Das histórias de amor que eu vivi.

Nos meus planos você se fez presente
Era sempre a primeira que eu pensava
Mas contrário ao amor que eu te dava
Nos seus planos eu sempre estava ausente
Já não quero te ver em minha frente
Pois te vendo relembro o que sofri
Toda mágoa no peito que senti
Sempre foi por seu ato ou omissão
Você foi a maior decepção
Das histórias de amor que eu vivi.

Hoje, triste, procuro um novo amor
Vou buscando esquecer a sua ausência
Superando aos poucos a carência
Para o frio, buscando um cobertor
Seguirei a procura sem temor
Quando achar eu direi que te esqueci
Pois o tempo contigo que perdi
Só serviu pra me dar confirmação
Você foi a maior decepção
Das histórias de amor que eu vivi.