segunda-feira, 23 de março de 2015

A morte da "Paixão"




Como tudo em Pocinhos, mais uma tradição nossa chega ao fim, a “Paixão de Cristo”. Foi assim com o “Testamento do Judas”, grupo de danças, argolinha e muitas outras manifestações culturais que, por falta de apoio, tiveram um fim trágico em nossa cidade.
Há alguns anos, a “Paixão de Cristo” já vinha na UTI, respirava por aparelhos, mas o amor dos jovens pela arte em nossa cidade, fazia com que o espetáculo mantivesse suas funções vitais, ainda que deficientes.
No ano retrasado, já tivemos um fato no mínimo inusitado, onde dois grupos montaram o mesmo espetáculo onde o resultado foi desastroso, pois o público, que já era pequeno, foi dividido para as duas apresentações.
Esse ano não teve jeito, por mais que a Cia. Cosmo, através de seus diretores, Vando Gomes e Sérgio Fernandes, tentassem, não tinha como, pois é impossível um espetáculo de tão grande porte ser realizado sem apoio e sem investimento.

O que nos deixa mais triste, é que essa história não vem de hoje, essa falta de apoio já faz parte da história de nossa “Paixão”, assim foi na 1ª geração, com Zé Rodrigues, há mais de 40 anos, assim foi na 2ª geração, com Valter Araújo, Jucinaldo Pereira e outros, nos primórdios do espetáculo, assim foi na 3ª geração, quando fiz parte em 2003 e 2004 e assim continuou na atualidade, mas sempre o desejo de fazer ultrapassava as dificuldades.

Não sabemos se os jovens terão ânimo pra tentar mais uma vez em 2016, não sabemos se a vontade vai superar a dificuldade de mais um ano sem apresentação,  não sabemos se nossos gestores irão abrir a mente e entender de uma vez por todas que arte é vida e precisa de apoio. Isso tudo é uma incógnita. O que temos certeza é que nosso amor pela arte não vai acabar e que, dentro das nossas possibilidades, vamos tentar movimentar nossa cultura, seja através dos projetos estaduais e federais, seja pela iniciativa privada ou até mesmo com nosso dinheiro, nossa parte será feita.

* Tiago Monteiro é poeta, produtor cultural e estudante de Direito.