quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Lição para a vida

Quem tem o seu almoço e sua janta
Tem riqueza e às vezes não percebe
Não se atenta às bênçãos que recebe
Uma reza não sai de sua garganta
Quando tá na igreja quer ser santa
Mas esquece o irmão que passa fome
O orgulho egoísta lhe consome
Como se nunca fosse padecer
Sua carne a terra vai comer
E a riqueza que fica o povo come.