sábado, 1 de abril de 2017

Poeta pocinhense ganha seu segundo prêmio nacional de poesia

O poeta Tiago Monteiro, da cidade de Pocinhos-PB, que havia sido premiado em dezembro do ano passado no “Prêmio Poetize 2017”, com o poema “Lição para a vida”, teve o poema “Sobre saudade” selecionado entre os 250 vencedores do “Prêmio Poesia Livre”, da editora Vivara, cujo resultado saiu nesta quarta-feira (22).
O concurso, que teve inscrições abertas de dezembro de 2016 a março de 2017, recebeu 3.203 inscrições, onde apenas 250 foram selecionadas e farão parte da coletânea “Poesia Livre 2017”, da editora Vivara, que será lançado em maio do corrente ano.
“Estou muito feliz com mais essa conquista. Ter um poema publicado em um livro de alcance nacional muito nos honra, além do mais quando é o segundo prêmio em pouco mais de 3 meses. É muito bom saber que sua poesia tem alçado voos tão grandes. O ânimo para continuar escrevendo só aumenta”, comentou Tiago Monteiro.
Tiago Monteiro é cordelista membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba e um incansável lutador em prol da cultura pocinhense. Tem vários cordéis lançados, a exemplo de “O futuro a Deus pertence” e “Minha jumenta Filó”. Seu trabalho pode ser lido no site www.poetatiagomonteiro.com
Confira o poema selecionado:
Sobre saudade
Não há saudade maior
Do que um amor ausente
Dilacera nosso peito
Deixa o coração doente
A saudade é tão ingrata
Que quando a gente não mata
Ela vem e mata a gente.
Machuca velho e menino
Sem dó e sem piedade
Assassina impiedosa
Com traços de crueldade
Triste de quem nesta vida
Carrega essa ferida
Denominada saudade.
Saudade de um amor
Que ficou lá no passado
Da colega da escola
Que eras apaixonado
De quanto tu acordava
Que teu velho pai chamava
Pra ajudar no roçado.
Oh, saudade traiçoeira
Que vive me machucando
Dê um tempo ao meu peito
Venha só de vez em quando
Deixe-me ter alegria
Você vindo todo dia
Vai acabar me matando.